Ciclo de Palestras - Estudar línguas, trabalhar na diversidade

Ciclo de Palestras - Estudar línguas, trabalhar na diversidade

A vida em sociedade num mundo globalizado e glocalizado, em que tempo e espaço se confundem e em que a mobilidade é intrínseca ao quotidiano, exige-se especificidades comunicativas e competências profissionais de natureza linguística para as quais a universidade deve formar futuros profissionais. A gestão da diversidade linguística, as atividades de mediação e o uso apropriado de metodologias e recursos das chamadas indústrias da língua são aspetos a considerar no quadro das perspetivas de desempenhos profissionais para formados na área das línguas.

Este ciclo de palestras pretende contribuir para a formação dos estudantes de Línguas e comunicação e de Línguas, Literaturas e Culturas, expondo-os ao contacto com profissionais do setor e com perspetivas e práticas que lhes abram horizontes e potenciem caminhos inovadores, criando pontes com profissionais do setor.

 


Sessão II – 20 fevereiro de 2019 | 14:00 | sala 2.37 FCHS

Tradução –  uma atividade multifacetada

Nesta segunda sessão, a tradução e a interpretação serão abordadas como atividades interdisciplinares e multifacetadas, em que as competências e/ou conhecimentos profissionais exigidos aos profissionais apresentam um leque muito vasto, indo muito para além da área da linguística.

 

Moderador: Fátima Noronha - FCHS

  1. Interpretação – (Lídia Carney)
  2. A importância de uma especialização – O caso da tradução jurídica (Ana Silva Dias - AnaDiasTrad)
  3. Gestão de Projetos (Manuel Paixão - TraduSul)

Sessão III – abril de 2019 (data a confirmar)

Terminologia, mediação e diversidades

 

 

Sessões Anteriores:

Sessão I | 7 de novembro 2018 | 14:00 | sala 2.37 FCHS

O Mercado de trabalho na área das línguas

  • Convidado: Ágata Szubstarska- Starska Translations Ltda
     
  • Apresentação do ciclo: Manuel Célio Conceição
  • Fornecedores de serviços linguísticos: Fátima Noronha - FCHS; Tradutora independente
  • A língua como ferramenta de trabalho – o caso da tradução: Allison Wright – Allison Wright Translations
  • A indústria da língua e as novas tecnologias: Jorge Baptista - FCHS